CBC patrocina evento de Jean Wyllys

ATENÇÃO!

Esta é uma publicação que sofreu correções outros posts, a saber:


16 de Fevereiro de 2016.

“Novos desafios da esquerda brasileira e israelense”, com o nada ilustre palestrante Jean Wyllys, é o mais novo evento patrocinado pela Companhia Brasileira de Cartuchos, proprietária da Taurus Armas.

A imagem abaixo foi publicada no perfil oficial da “Midrash Secretaria” no Facebook, ontem, dia 15, no link que segue: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1308564099169993&set=a.106369366056145.13684.100000492457629&type=3&theater 

jean

Reparem nos patrocinadores, no rodapé da figura.

Em um momento em que todos os brasileiros se unem para combater a esquerda e os desarmamentistas, a Companhia Brasileira de Cartuchos, que utiliza do monopólio de munições no Brasil para vendê-las a preço de ouro para os consumidores, parece estar comprometida em patrocinar exatamente os maiores adversários da liberdade de acesso às armas. Por que será?

Boa sorte, CBC. Você vai precisar!

 

85 Replies to “CBC patrocina evento de Jean Wyllys”

  1. O motivo parece ser simples: manutenção do monopólio. Liberdade de acesso às armas também traria liberdade de acesso às munições, que por sua vez atrairia outros fabricantes, que acabaria com a galinha dos ovos de ouro da Taurus e CBC…

  2. O pior que vejo nisso é o Midrash receber este lixo humano!

    Eu como Judeu, homem e Brasileiro tenho nojo desse cara.

    Lixo humano não tem nada de bom a mostrar.

  3. Interesse em comum muito claro: Proibir novos entrantes e importação de armas e munições. Protegendo o mercado dessa medíocre empresa, e fazendo com que Jean Willys pareça “proteger” o Brasil de mais e melhores armas.

    1. É uma atitude metade estranha, metade lógica. Metade estranha por que as ideias do deputado são para diminuir ao máximo a venda de armas e munições no mercado interno. Metade lógica por que com as restrições que o deputado almeja, a C.B.C./ Taurus ficam com o monopólio. Ou seja, não haverá importações. Confesso, no entanto, que com todos os meus anos de trato com o assunto estou com dificuldades para interpretar isso. Não estou muito seguro na minha avaliação.

  4. O negócio é fabricar nossas próprias munições… Comprar todos os materiais e fazer em casa. Sai pela metade do preço e boicotamos a CBC.
    Viva o calibre 12.

  5. Isso merece que o ID envie uma correspondência enfática à CBC. Esse viadinho, como todo comunista, tem se dedicado não só a desarmar os cidadãos de bem mas, pior do que isso, a destruir os valores da família brasileira.
    Pensando melhor, acho que essa correspondência deveria seguir com um volumoso abaixo-assinado.

  6. Mesmo diante de episódios como esse ainda temos esperança no nosso Brasil é difícil ter que engolir notícias como essa, cbc pateocinar deputados de esquerda que defende o desarmamento, é real? ou é pegadinha do malandro?

  7. A taurus ja se manifestou com indignação o uso de seus logotipos, que Segundo eles não possuiam autorização para tal. Espero q seja verdade a posição da Taurus

  8. Não só a CBC, mas a Taurus também está lá como patrocinadora. Sabem aquela fábrica exclusiva cujos produtos tem “excelente” controle de qualidade e nunca “dão defeito” (funcionam).

  9. Unidos contra os dezarmamentistas,Agora na minha opinião misturar a luta pelo direito de acesso às armas a ideologias anti socialistas desviar a atenção e enfraquece a luta pelo objetivo principal que é o direito fundamental do ser humano de defesa armada

  10. Fica claro os interesses da CBC, onde patrocinar pessoas como o deputado Jean Wyllys para fazer uma campanha de desarmamento seria para eles que vendem munições aqui no Brasil mais lucrativo.
    Pois se não temos o direito de ter armas e cada vez fica mais difícil, uma empresa que é a única que explora esse segmento aqui, fica mais rentável.
    Como se diz, em terra de cego quem tem olho é Rei!

  11. Isso é um “Tiro pelas costas”… Eu ia entrar com o meu pedido de uma pistola Taurus amanhã… Ainda bem que vi isso antes… Vou aguardar, levantar mais um dinheiro e comprar uma importada.

  12. Pelo que entendi, conforme pesquisa um pouco mais a fundo na pagina do cidadão, e do Espaço que será realizado o evento, a CBC deve patrocinar o Espaço Cultural em questão, pois tudo que as empresas investem em cultura, esporte,… é deduzido do imposto de renda.

  13. Nunca saberemos o que está por trás disso tudo,tendo em vista o poder de fogo que o dinheiro tem, fazendo do amigo um tipo de Pôncio Pilatos em cima do muro, depois sair aos pulos gritando em praça pública: “Não fui eu, não fui eu, e não fui eu”!!!

  14. Não sei qual o mais hipócrita/idiota.
    Se o “nobre Deputado” que aceita palestrar num evento patrocinado pela CBC.
    Ou a própria empresa, que patrocina um evento onde o palestrante é um dos maiores representantes contra os interesses da mesma.

  15. Eu fico puto ! E indgnado com essas porras. Enquanto vaagabundos ficam armados. Tocando o terror em pessoas de bem. FicA essas porras querendo coebir nossos direitos de defesa. Nos somos obrigado a se sujeitar a essa situaçao.. A populaçao so estar ficando esgotada.. Quando essa porra virar uma guerra civil. Ai vai ser tarde demais. Vai ser tiro porrada e bomba. seus lafranhudos. Fica minha dica!.

  16. quem disse que ele é contra as armas ???
    ADORA UMA PISTOLA
    AMA O MAGNO 22 CM . MORENO SARADO
    É CHEGADO NO RUSSO (ROSSI)
    PREFERE ROLA PINTO (HOLLOW POINT) NO SEU BOITO
    IS TRAP
    DEPENDE DO CASO ELE É QUE QUEIMA RAPIDA..E É DE QUEIMA LENTA…COMO NOSSA POLVORA
    ADORA QUE SOQUEM PELA BOCA COMO AS DE ANTE CARGA
    MUNIÇÃO COM FURO NA PONTA É COM ELE MESMO
    DUPLA AÇÃO É BEM VINDA

  17. Isso explica muita coisa… Só não me entra na cabeça uma empresa que vende armas, patrocinar esse tipo de escória… Os maiores opositores das armas no Brasil…

  18. A CBC nunca foi amiga dos brasileiros vende suas munições e armas cinco vezes mais caro que nos outros países , sempre tenta puxar pró lado dela nas leis para que não haja concorrência!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *