Peru se liberta da farsa desarmamentista e aprova moderna lei pró-armas

13 de Dezembro de 2014.

Foi aprovada no início de Dezembro de 2014, nova lei de armas peruana que devolve aos cidadãos daquele país muitos dos direitos relacionados ao porte e uso de armas de fogo e munições.

A partir da análise de 8 projetos de lei, o Congresso Peruano, em absoluta maioria, concordou em modificar a legislação em vigor. De agora em diante, no território peruano:

  • É permitido portar armas com calibres de defesa, inclusive pistolas .45ACP;
  • São liberadas pontas de uso defensivo, sendo expressamente recomendado o uso de pontas expansivas;
  • É garantido o direito dos colecionadores que podem, inclusive transitar nacional e internacionalmente com seu acervo;
  • Não existe limite quantitativo para atiradores, colecionadores ou caçadores;
  • Registros não têm data de validade;
  • Caçadores podem usar silenciadores;
  • Apenas armas automáticas são consideradas “de uso militar”;
  • Etc.

Clique aqui para baixar a íntegra (Em Espanhol)

O Instituto DEFESA trabalha para que o Brasil alcance o mesmo comprometimento com a liberdade demonstrado pelo Congresso Peruano, e parabeniza o verdadeiro respeito das autoridades envolvidas com nossos vizinhos.


 

A aprovação desta lei no Peru apenas foi possível graças aos esforços de uma entidade nacional, como o Instituto DEFESA é para o Brasil. Torne-se um membro premium por cerca de 50 centavos por dia e assegure a continuidade e a ampliação das nossas atividades, em busca da liberdade de acesso às armas no nosso país.

Saiba como se tornar um membro premium.

29 Replies to “Peru se liberta da farsa desarmamentista e aprova moderna lei pró-armas”

  1. Bom dia! Já tentei duas vezes me associar como membro premium, não sei por que não consegui.
    Talvez agora com esta reclamação voces resolvam este problema.
    Então por favor me envien se possível já um email com os dados para que eu preencha.
    Enviem tb as propostas para pagamentos das mensalidades ou os meios de pagamento.
    Att,
    Manuel

    1. Olá Sr. manuel pedro valentim!

      Mas afinal, qual é o problema? Alguma mensagem de erro?

      As possíveis soluções que posso lhe apresentar, são:

      1) Experimente em outro navegador. Eu por exemplo, não consigo acessar pelo Mozilla lá de casa, mas no trabalho consigo (sabe lá os deuses o motivo).

      2) Experimente logar de forma diferente: se usa o acesso pelo facebook, tente pelo acesso direto (colocando login, senha, etc.)

      Eu desconheço registro via e-mail, por questões de segurança.

      Então acredito que seja possível somente pelo site mesmo. Se eu estiver errado, alguém irá me corrigir.

      Espero ter ajudado!
      Abraço.

    1. Informe-se, ô, criatura. Veja aqui no site mesmo. Tem diversos artigos provando que o problema não é só o PT. O principal opositor, o PSDB é tão ou mais responsável pelo desarmamento civil quanto o PT.

      1. Concordo em gênero, número e grau com o amigo Dirceu Hartmann. E digo mais. Não apenas a atual política desarmamentista é descendente direta da era FHC (leia a um artigo recente publicado aqui mesmo, no Defesa.org), como também o senador Aécio Neves é manifestamente desarmamentista, defendendo, inclusive, que a política de entrega voluntária de armas de fogo é “ineficaz”. Ou seja, nas entrelinhas, está sugerindo medidas mais drásticas, como entrega compulsória ou confisco. Quem não acredita, basta ler sua opinião em seu site oficial. Nele, há um link para um artigo que o próprio Aécio escreveu para a Folha de São Paulo, ano passado. Ou assista a um vídeo no excelente canal pró-armas “Gosto de Armas” do Youtube.

        Seguem os links:

        http://aeciosenador.com.br/artigos/desarmamento-2/

        https://www.youtube.com/watch?v=Qsmkch4w-jk

        http://www.defesa.org/desarmamento-no-brasil-nunca-se-tratou-de-seguranca-publica/

  2. Desde que os politicos deste pais faca pelo povo e nao em beneficio proprio, quem sabe ai seria diferente. Para votar o que e certo demora e leva-se anos, agora para si e da noite pro dia.

  3. Os políticos peruanos deram uma clara demonstração de se preocuparem com os cidadãos de bem do seu país. É uma pena que o mesmo, devido ao preço alto pago por cada parlamentar que quiser vender o seu voto, não aconteça aqui. Dessa má vontade demonstrada pelos partidos fidelizados ao governo, podemos tirar, com certeza, uma grande lição: é da base do governo, votou contra o povo brasileiro, então foi comprado pelo PT, não adianta vir com explicações maquiavélicas que o povo já conhece, de muito, a conduta moral de vocês.

  4. Parabéns pelo site, pela organização, por nos manter informados. Parabéns ao povo Peruano, que está mais atento e menos refém a partir desta lei. Me sinto com inveja, mas uma inveja saudável, em saber que seus cidadãos poderão se defender de maneira mais justa, de saber que existe um governo lá, que trabalha em prol da sociedade do bem, que não dedica seu tempo transformando seus cidadãos em pessoas impotentes e mal esclarecidas. Muito bom, que esse exemplo atravesse a fronteira e chegue aos nossos futuros governantes, porque esses, já eram…

  5. O Peru despertou do sono eterno e descobriu o plano macabro pra tornar a america latina uma republica de pocos donos e trataram de aramar seus cidadão logo, só que o plano no Brasil é diferente, o que o PT perdeu na época da DITADURA, que na verdade foi as forças armadas que cortaram as azas deles, agora vão terminar o seu plano que naquela época não deucerto, só que com tantos anos comendo a vingança em prato frio, planejaram bem e os brasileiros estão aceitando, já desarmaram a maioria, já dominaram todos os poderes juridicos, só falta o golpe macomunado com os hermanos latinos, que já estão infiltrados no meio dos brasileiros, podem esperar pelo mal eminente, é triste mas está guerra esta perdida, eles souberam bem colocar o plano em ação, salve-se quem puder.

  6. Aqui vai ser difícil isso acontecer, pelo menos enquanto esta raça maldita estiver no poder. Não há interesse em atender as necessidades da população, apenas há interesses próprios. Portanto senhores, é uma briga desigual e de difícil final feliz. Estou achando que é malhar em ferro frio.

  7. Os países da Aliança do Pacífico já vinham nos espancando economicamente. Agora, mais um país desse bloco está nos espancando em relação a um direito fundamental. E em um, que parecia um caso perdido, como aqui.

  8. As idéias são muito mais poderosas do que as armas. Nós não permitimos que nossos inimigos tenham armas,porque deveríamos permitir que tenham idéias?Joseph Stalin – SUIÇOS REJEITAM DESARMAMENTO:Referendo: suíços rejeitam iniciativa da esquerda e pacifistas para proibir armas militares em casa-Por Redacção –A Bola.pt-Mais de metade dos suíços rejeitou, em referendo a iniciativa da esquerda e de organizações pacíficas que visava a proibição de armas aos reservistas do exército em casa.De acordo com o Ministério da Defesa suíço, mais de dois milhões de armas circulam no país, a maioria de militares, e cerca de 240 mil armas não estão registradas.A proposta agora apresentada pela esquerda política e por organizações feministas e pacifistas pretendia pôr fim a uma tradição suíça, existente desde 1974, para que todas as armas de serviço militar fossem depositadas no arsenal e para que fosse criado um registro central de armas de fogo.

  9. Armas apenas para quem precisa em serviço e apenas no trabalho. Fora è so problema a resolver. O Estado. Precisa ser competente na proteção do indivíduo. Olhem a circunstância da morte do Amado Jaco . Ali existiu a sombra de arma branca e arma de fogo. Em resumo: Problema com cara de solução.

    1. defesa e tudo,tem sim ter uma encasa e na rua para si ter pelo menos a chance de reagir e nao ficar com o cu na mao,com medo do vagabundo que estar armado,vamos responder a igual a o vagabundo com tiro na cara dele..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *