3 Replies to “Por que não .50BMG?”

  1. Se permitido fosse, imagine qual seria a buRRocracia e o preço que ele chegaria até a mão do colecionador…
    Sem falar na Munição, obviamente.
    Enquanto ‘penamos’ para ter uma .45, um 454 Casull, ou até mesmo um FAL (fabricado no próprio Brasil), a vagabundagem anda ostentando de 556, 762, 3030, 9mm, 40, 45, submetralhadoras, etc, etc, etc, etc, etc….

    1. Pelo jeito o Exército gosta que armamentos pesados estejam nas mãos dos bandidos porque do cidadão de bem, não pode.
      Depois,a bandidagem “mete bala” nos milicos e de quem é a culpa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *