Propaganda no Brasil antes do Estatuto do Desarmamento

Quem tem menos de 30 anos de idade não chegou a viver a idade adulta em um país com o mínimo de liberdade de acesso às armas. Normalmente são os primeiros a duvidar do cenário pacífico que uma liberdade assim poderia proporcionar.

Bem, até 2003, informativos como este enviado abaixo eram comuns. Qualquer pessoa maior de idade poderia se dirigir a uma loja e adquirir uma arma a preço justo, que era registrada pelo próprio estabelecimento comercial.

Todos os índices de violência eram inferiores aos atuais.

IMG-20150216-WA0123

34 Replies to “Propaganda no Brasil antes do Estatuto do Desarmamento”

  1. Não cheguei a pegar esse tempo mas com certeza deve ter sido bom poder sair e saber que poderia se defender sem se preocupar…
    fora que adoro armas mesmo sendo jovem,tomara que isso mude um dia.

      1. Está claro em suas palavras, voce deseja a liberação do porte não por causa de sua defesa, mas por amor a arma!
        Parem de pensar como parte de um todo, mas pense em um todo!!!

  2. Dá até uma dor no coração, olha esses preços…
    Tenho algumas revistas Magnum aqui (Das antigas, da primeira até umas 15 edições pra frente) e a dor é a mesma!

  3. Verdade,pura verdade! Hoje ninguém mais pode se defender,se vai a Delegacia,a unica coisa que acontece é um registro,que não dá em nada na maioria dos casos!!! Se um ladrão te rouba,vc tem que aceitar,se estivesse armado,pelo menos botava a arma na cara dele e ele ia ter que sair correndo!!! Era assim que rolava antes dessa grande palhaçada do governo!!! Entendo quem é a favor! Mas quem não é,não tem que pagar pelos outros!!! Mas quem é contra que fique só! Que não peça ajuda de quem está armado quando corre perigo! Pra mim isso tudo é uma grande jogada política!!! Os políticos fazem o que os bandidos querem porque estão de rabo preso com eles,quantas campanhas são pagas com dinheiro do tráfico?!!! A maioria abafam!!!

    1. Qual foi o politico que tinha um helicóptero repleto de coca? Um certo ex-dirigente do Cruzeiro. Qual é o politico que estava construindo aeroportos em fazenda de parentes?

  4. naquela época,além do baixo custo dessas armas,as pessoas podiam contar com uma segurança a mais dentro de suas residencias,sem falar que os bandidos pensavam duas vezes antes de invadir uma residencia para roubar!!
    Que pena que o brasil só estraga o lado de quem trabalha e é do bem e só melhora a situação dos bandidos e corruptos nesse país que chamamos de Pátria…

  5. Nossa, nem da pra acreditar que isso é no Brasil, pena que a coisas mudaram, infelizmente pra pior. Ladrões do governo desarmando cidadãos e deixando a bandidagem impune, trite realidade…

  6. Me lembro bem desta época,o vagabundo pensava mil vezes em falar a palavra magica de hoje(assalto),no meu tempo,que não é tão distante,tinha pouca violência,depois foram trocando os politico,que se dizem moderno,ai a coisa ta feia,se juntaram aos direitos humanos,pronto, agora é humanos sem direitos,hoje temos armas a vontade,mas nas mão dos bandidos,com certeza temos mais bandidos do que policia,podem apostar,trouxa foi aquele que devolveu a arma para perder a alma.

  7. só totalmente a favor do cidadão de bem ter uma arma pra se defender essa campanha só serviu para desarmar o cidadão de bem mais o bandido ficou armado.

  8. concordo, plenamente que o cidadão; pode e deve andar armado e o bandido, desarmado e preso, o que falta no Brasil, é vergonha na cara destes, governates, imconpetentes, se arma Brasil; ass. sidney gondim;.

  9. Peguei este tempo e era ótimo saber que estavamos seguros por nós mesmos, e que poderiamos proteger nosso entes queridos, palhaçada este estatuto besteira de quem quer o povo submisso.

  10. O nome é instituto da defesa. não é instituto da caça. Vejo por aqui apologia ao uso de silenciadores e a velha e absurda mentalidade de caçador que no meu tempo tornou o Brasil um pais silencioso de pássaros. Qualquer moleque era incentivado a ter uma espingarda de pressão para matar passarinho ou um estilingue. Também não vi a vontade de por ordem em quem possui uma arma. Quem tem a posse de uma arma deve ter responsabilidade penal rigorosa. Uma coisa comum neste pais onde não existe lei, era ver um sujeito apontando seu canhão para alguém que o havia desrespeitado, defendo 3 meses de cadeia sem fiança para um caso destes. Isso é só um exemplo. porque nos Estados Unidos existe mais justiça e não é terra de ninguém. Finalizando junto com o direito de se defender tem que vir a obrigação penal sobre a conduta de quem anda armado, senão será apenas mais uma jabuticaba nesta republiqueta.

    1. Irineu, vamos por partes.

      O nome da entidade é “Instituto DEFESA”.

      Defendemos aqui liberdades individuais e o próprio Brasil, notadamente aquelas relacionadas a armas de fogo. Os caçadores estão entre as pessoas que utilizam armas de forma lítica e merecem não apenas nosso respeito, mas também nosso apoio.

      Sugiro que o sr. navegue pelos textos sobre caça neste e em outros sites e compreenda como a caça organizada protege espécies da extinção, exatamente o contrário do suposto “silêncio de pássaros”. Vale a pena ler.

      Sobre a responsabilidade criminal, deve ser proporcional a gravidade do delito, não apenas para quem ter armas, mas para todos.

  11. Só para balizar o raciocínio, em 2003 o Salário Mínimo era de R$ 240 reais. Um pouco menos do que o valor da arma mais barata anunciada.

    Fazendo um correlação com o Salário Mínimo de hoje (R$ 788 reais), as armas hoje deveriam estar custando entre R$ 850 e R$ 2.500 reais.

      1. amigo gostaria de saber em que art. da lei está o ‘declaração de necessidade sem obrigação de explicação de recusa, porque o art. 12, § 2° do regulamento do estatuto, esta escrito da seguinte forma:
        art. 12, § 2° o indeferimento do pedido deverá ser fundamentado e comunicado ao interessado em documento proprio.
        por favor, gostaria de saber.
        obg

  12. Tem que armar o cidadão honesto, porque vão saber fazer o uso no momento necessário,enquanto o bandido usa para assalto,preparado para matar. Proteção tem que ter é o cidadão que trabalha,cumpre seus deveres com sua pátria e quando o bandido invadir o recinto residencial ou comercial,poderá se defender. Se matar ou ficar mutilado o bandido o cidadão não precisará responder processo e nem ter que pagar auxílio nenhum. BANDIDO TEM QUE SER TRATADO ASSIM,É ISTO QUE ELES MERECEM,de uma LEI severa só assim a criminalidade poderá ser banida;

    1. Certamente a impunidade tem que ser estirpada. Falo com toda certeza, pois, o maior de todos os livros diz o seguinte: “Porquanto não se executa logo o juízo sobre a má obra, o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto para praticar o mal.” Eclesiastes 8:11. Biblia sagrada. Então este assunto é tão antigo quanto o homem, tomara que tomemos consciência disto.

  13. Lembrando às cabeças quentes que em abril de 1996, o salário mínimo de no país 112 reais ou seja o revolver mais barato custava o dobro do trabalho de cidadão. Nos tempos de hoje a arma custaria por volta de 1500 reais o que não é muito da realidade atual. Então o problema não no Estatuto.

  14. A lei do desarmamento e do porte legal de armas tem que ser revisados, porque a criminalidade triplicou de 2003 para os dias atuais. Eu sou trabalhador e pai de família que tenho que ficar trancado e protegido por muros de 2,70 cm com cerca elétrica. Eu sou a favor do porte legal de arma.

  15. Tive meu pedido aceito pela pf,no ano 2014 pedi duas armas para a pf e o delegado aceitou:
    Mas apenas uma, tive que optar pela pistola.
    Pela lei eu teria direto a 6 armas.
    Mas tá bom!
    Fazer o que?
    Tenho certeza que vai ser muito pior se a pf liberar armas para ficar em casa e não poder praticar .
    Pelo cr tudo bem ,porque podemos praticar e ficar prontos para morrer pela nossa próprias armas que fica dentro de uma caixa!
    Só esperando um bandido chegar com um canivete ou uma faca e levar todasas armas.
    Bom se não usalas em nós antes de ir embora!
    Eta Brasil fudido puta que pariu pra estes bandidos do poder.

  16. Tomara que este MALDITO estatuto do desarmamento acabe por morrer da pior forma possivel e que tudo volte a ser como os Saudosos 30 anos atras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *